Já se perguntou por que o cachorro fica girando antes de fazer cocô? Esse é um comportamento canino bastante comum e que não é totalmente aleatório, como alguns podem pensar. Existe, sim, uma explicação por trás do cachorro rodando em círculos antes de evacuar — e, acredite se quiser, isso tem a ver com o campo magnético da Terra. Para entender melhor o que significa quando o cachorro fica girando antes de fazer as necessidades, o Patas da Casa reuniu tudo que você precisa saber sobre o assunto. Confira! 

Você sabe como limpar o ambiente que seu pet vive?

Preencha todos os campos para participar.

É só preencher e começar!

Escolha uma opção abaixo

Não tenho pets
Tenho cão
Tenho gato
Tenho cão e gato
Autorizo receber comunicações e publicidade da NESTLÉ®.

Por que os cães dão voltas antes de fazer cocô?

Um estudo conduzido por cientistas da República Tcheca e da Alemanha descobriu que os cães usam os campos magnéticos da Terra para decidir onde vão defecar. É por isso que é comum ver o cachorro rodando antes de fazer cocô. Isso, em tese, facilitaria a demarcação do território, já que o animal poderia recordar o local em que já fez as necessidades anteriormente.

A pesquisa se baseou no comportamento de 70 cachorros de 37 raças diferentes por um período de dois anos. Tudo isso em um ambiente de livre circulação, o que significa que os cães não foram controlados e não haviam paredes ou estradas por perto que pudessem influenciar no comportamento deles. Durante esse intervalo, a observação incluiu aproximadamente 5.600 xixis e mais de 2.000 cocôs de cachorro

Como resultado, pôde-se perceber que os cães têm uma preferência por fazer as necessidades ao longo do eixo Norte-Sul e evitam ir ao banheiro na direção Leste-Oeste. Porém, eles também levam em consideração possíveis instabilidades no campo magnético terrestre. Se houver qualquer sinal de instabilidade captado pela sensibilidade canina, os doguinhos preferem fazer xixi e cocô em outros sentidos que não sejam Norte ou Sul.

Imagem de cães fazendo cocô

Como um animal consegue sentir o campo magnético da Terra?

Muitos bichos apresentam certa sensibilidade em relação ao campo magnético terrestre. Pelo menos foi isso que cientistas da Universidade de Pequim descobriram: segundo eles, os animais possuem uma espécie de bússola interna que permite maior orientação espacial com base no eixo da Terra. 

Essa “habilidade” seria possível graças a uma proteína que, além de regular o relógio biológico, também ajudaria a detectar campos magnéticos. Ou seja, é, basicamente, como se os animais conseguissem determinar direção, altitude e localização por causa desta proteína.

Como os cachorros se orientam? 

O cachorro fazendo cocô é um claro exemplo de como eles conseguem se orientar com base no campo magnético da Terra. Porém, não é só nessas horas que isso acontece. Outro estudo também realizado por pesquisadores da República Tcheca descobriu que cachorros de caça também usam essa “bússola interna” para se localizar em terrenos desconhecidos.

Foi uma pesquisa feita com 27 cães de caça com coleiras GPS e câmeras de ação. Eles foram deixados livremente em áreas florestais, separados de seus donos. Foram feitos mais de 600 testes. O que se pôde observar é que os animais, ao decidirem “explorar” o ambiente, começaram uma corrida curta de 20 metros pelo eixo Norte-Sul, independentemente da direção real para casa. Isso, inclusive, aumentou significativamente a eficiência do retorno e mostrou como os cachorros se orientam.

O que significa quando o cachorro fica girando?

Além de situações que envolvem o xixi e cocô de cachorro, os “giros” que o animal dá podem ter outras motivações. Um cachorro rodando em círculos, mesmo depois de já ter feito as necessidades, pode fazer isso por causa de ansiedade, estresse ou tédio. Se perceber que isso acontece com muita frequência e que não tem nenhuma relação com o cachorro fazendo cocô e xixi, o ideal é procurar o auxílio de um médico veterinário.