Quem tem gato já deve ter percebido a guerra que é dar remédio, principalmente quando é comprimido. Isso porque, diferente dos cachorros que costumam aceitar o remédio disfarçado na comida, os gatos são muito seletivos e conseguem perceber qualquer coisa diferente no potinho. Caso o seu gato seja guloso, você até pode tentar amassar o comprimido até virar pó e misturar no sachê para gatos, mas se essa técnica não funcionar, você pode tentar outras que vamos ensinar!

Aplicador de comprimidos para gatos

Quais raças de cachorro mais combinam com você?

Preencha todos os campos para participar.

É só preencher e começar!

Escolha uma opção abaixo

Não tenho pets
Tenho cão
Tenho gato
Tenho cão e gato
Autorizo receber comunicações e publicidade da NESTLÉ®.

Esse acessório é muito indicado para quem não tem prática no assunto - normalmente pais de pet de primeira viagem - ou para gatos mais agitados e ariscos. O aplicador de comprimidos para gatos ajuda na hora de inserir o comprimido na garganta do gato. Mesmo com essa ajuda você precisa esperar o gato estar em um momento calmo e tranquilo. Segure ele com firmeza. O processo de segurar o gato é mesmo do que sem o aplicador. Veja abaixo como fazer:

Como dar comprimido para gato enquanto o segura

O ideal é ter duas pessoas para esse processo. Enquanto uma segura, a outra dá o remédio. Mas, se isso não for possível veja o passo a passo abaixo:

Passo 1: comece sentando e segurando o gato de barriga para cima, pelas pernas;
Passo 2: com uma das mãos, segure os cantos da boca do gato. O melhor é inclinar a cabeça dele um pouco para trás;
Passo 3: coloque a cabeça do gato em 45º. Isso fará com que ele abra a boca naturalmente;
Passo 4: com os dedos ou com o aplicador, coloque o comprimido na boca do gato o mais perto possível da goela. Dica: assopre o rosto dele para que instintivamente ele engula o comprimido;
Passo 5: se o gato lamber o focinho, significa que ele engoliu o comprimido certinho e, para comemorar, nada melhor do que um petisco, não é mesmo? Isso vai fazer com que ele associe o momento a algo prazeroso e fique mais calmo na próxima vez.

Dicas extras para o momento de dar comprimidos para gatos


O aplicador de comprimidos pode te ajudar quando o gato é muito arisco. Só por essa foto dá para perceber que a Ricota gosta de conforto e carinho antes, durante e depois da hora do remédio, não é mesmo?
O aplicador de comprimidos pode te ajudar quando o gato é muito arisco. Só por essa foto dá para perceber que a Ricota gosta de conforto e carinho antes, durante e depois da hora do remédio, não é mesmo?

Dica 1: Mantenha as unhas sempre aparadas;

Dica 2: Dar comprimido para gato é mais fácil que remédio líquido. Veja com o veterinário se o medicamento prescrito é em comprimido ou se tem essa opção. Caso seja líquido, tente misturar na comida dele, mas em pouca quantidade. O cheiro pode fazer com que ele se recuse a comer. Caso ele não tome, faça o mesmo processo que o do comprimido, mas com o auxílio de uma seringa sem agulha;

Dica 3: Escolha o melhor momento: vai ser mais fácil fazer todo esse processo quando o gatinho estiver sonolento e tranquilo. Tutora da gata Ricota, Carolina Bernardo conta que a “dona do pedaço” não gosta de ser contrariada e, por isso, precisa estar bem confortável para a tarefa ser mais fácil: “a dica é dar muito carinho antes e após a medicação, além de dar um reforço positivo em seguida, como um petisco, para que ela associe isso a algo prazeroso”. 

Dica 4: Assim como você não deve se automedicar, não dê nenhum remédio sem a orientação do veterinário. 


Redação: Mariana Almeida